Peso Argentino

 

Peso Argentino: tudo o que você precisa saber antes de
comprar

Para nós, brasileiros, a Argentina pode ser um destino bastante interessante se o desejo é ter
viagens diferentes do comum por preços relativamente acessíveis. A américa do sul é um
continente que, em questões comerciais, é repleto dos famosos pesos.

Através desse artigo, buscamos esclarecer dúvidas sobre a moeda de modo que seja possível
aproveitar a experiência ao máximo, dado que as diferenças comerciais são aquelas que mais
causam confusão ao realizar viagens internacionais.

O que é o Peso argentino?

O peso argentino é a moeda oficial da Argentina, que segue um determinado padrão das
moedas andinas. Geralmente, é procurado por pessoas que pretendem ir à Argentina tanto
para trabalho quanto para turismo.

A linha de moedas chamada de Peso foi introduzida na Argentina apenas em 1992, depois de
uma série de mudanças que buscavam estabilidade econômica.

Como adquirir o Peso argentino?

O peso argentino pode ser adquirido em casas de câmbio ou bancos. É realizada a troca do real
pela moeda de acordo com os valores de conversão atualizados diariamente.
Os novos cálculos de conversão são realizados de acordo com o estado da economia interna e
externa do país. Os estabelecimentos regulamentados apenas repassam os valores globais e
adicionam suas taxas de serviço.

O processo de troca é simples, basta escolher o local autorizado de preferência. Por questões
legais, é necessário que seja realizado um cadastro prévio do nome e documentos do cliente.
Todas as operações de câmbio são registradas dessa maneira.

Onde é utilizado o Peso argentino?

O peso argentino é utilizado como moeda oficial em toda a extensão do território desse país,
mas devido as fortes interações comerciais do Mercosul, pode ser também aceito nos países
próximos, em regiões de fronteira comercial.

Do mesmo modo, o real também possui ótima aceitação na Argentina, pelo menos nas regiões
mais voltadas para turismo. Ao viajar, se deseja economizar nas compras, convém cogitar
todas ambas as possibilidades, já que muitas vezes as taxas de cambio podem não compensar
o pequeno acréscimo oferecido pelos comerciantes locais ao pagar a mercadoria em Real.

Sobre as notas e moedas físicas de Peso Argentino

Com o passar do tempo e a desvalorização da moeda, a tendência é que o valor das moedas e
notas aumente, enquanto as menores desaparecem pelo desuso. Isso é o que vem
acontecendo com o dinheiro Argentino.

São apenas 3 tipos de moedas: 50 centavos, 1 e 2 pesos, cunhadas com a fauna, flora e
símbolos característicos da pátria argentina.
Enquanto isso, os valores das notas são bem mais altos do que aqueles que costumamos ver
no Brasil e nos dólares, aparecendo em 9 valores: 2, 5, 10, 20, 50, 100 pesos; e as mais
recentes, de 2017: 200, 500 e 1000 pesos.

Peso Argentino x Real

Mesmo com instabilidades políticas e econômicas no Brasil, nosso país ainda se mantém como
um dos principais pilares do bloco econômico da América do Sul, o MERCOSUL. Portanto, o
Peso ainda segue mais desvalorizado que o Real.
Isso torna o turismo da região bastante interessante para os brasileiros, já que é uma das
opções mais interessantes financeiramente falando, que consequentemente oferece uma
ótima relação de custo x benefício.

Convertendo peso argentino para real

Um conversor de moedas é bastante útil para que seja possível estimar os gastos de uma
viagem ou até mesmo se manter atento antes de visitar uma casa de câmbio ou banco que
realize a troca.
O mesmo torna os cálculos muito mais práticos e rápidos, principalmente em viagens voltadas
para compra como os países de fronteira. Basta digitar o valor desejado e clicar para que a
conversão seja realizada. Experimente nosso conversor!

Veja também o valor do dólar hoje.

Valor do peso argentino

[cotacaoargentina]